3 de agosto de 2013

Marcas com mais fãs na web em 2013 no Brasil

O Guaraná Antarctica permanece como a marca com o maior número de fãs e seguidores do Brasil nas redes sociais, segundo balanço de 1º semestre do indexSocial, indicador criado pela agência Espalhe Marketing de Guerrilha e que monitora mais de 700 marcas na internet.

Logo da indexSocial, criada pela Espalhe Marketing de Guerrilha.

Segundo o levantamento, o Guaraná Antarctica ganhou 3 milhões de fãs nos primeiros meses do ano em suas páginas no Facebook, Twitter e YouTube. Só no Facebook, a empresa tem mais de 14 milhões de seguidores.

Reprodução da página do Guaraná Antarctica no Facebook.

A marca que mais conquistou novos fãs no período, entretanto, foi a Dafiti. De janeiro até junho, a empresa ganhou 5,7 milhões de novos seguidores e passou a ocupar a terceira posição no top 10 do ranking. No balanço anterior, com dados até dezembro, a Dafiti não aparecia entre as 10 primeiras colocadas.

A Skol segue na segunda posição do ranking, com mais de 12 milhões de fãs apenas no Facebook. O Hotel Urbano subiu da 7ª para a quarta posição. Brahma Futebol, que considera todas as fan pages de futebol da marca caiu da terceira para a quinta posição. Completam a lista: Lacta (6ª), Claro Brasil (7ª), L’Oréal (8ª), Itaú (9ª) e Cerveja Bohemia (10ª).

Das marcas citadas, 8 são de origem brasileira. Confira a lista das 10 marcas com maior número de fãs na internet no Brasil:

Posição Marca País de Origem
1 Guaraná Antartica Brasil
2 Skol Dinamarca
3 Dafiti Brasil
4 Hotel Urbano Brasil
5 Brahma Futebol Brasil
6 Lacta Brasil
7 Claro Brasil Brasil
8 L’Oréal França
9 Itaú Brasil
10 Cerveja Bohemia Brasil

Segundo o balanço, a audiência nas páginas das mais de 700 marcas monitoradas cresceu 43,2% no 1º semestre em comparação aos últimos seis meses do ano passado. Já o volume de interações entre essas marcas e seus fãs, seguidores e assinantes teve um aumento de 10%.

"O fenômeno é reflexo de um crescimento constante das redes sociais, em especial do Facebook, que vem atraindo cada vez mais as marcas como canal de comunicação com seus consumidores e fãs", diz o relatório.

Referência: G1.

Um comentário: